Neste “Dia Internacional do Homem”…

Eu desejo que cada homem experimente um pouco do que é o dia-a-dia do que nós mulheres vivemos.
Que tenham medo de andar na rua a qualquer hora do dia, estando sempre vulnerável ao assédio e ao estupro.
E que a culpa recaia sobre os homens que por forem vítimas de qualquer tipo de violência.
Que sejam julgados pelas roupas que vestirem.
Que o estado legisle e regule sobre os seus pênis. E que cada esperma desperdiçado em masturbação seja motivo de prisão.
Desejo que recebam 30% menos que as mulheres. Que seus corpos sejam abusados e violados.
Que vocês sejam vistos como prêmio e brindes de cerveja.
Desejo a vocês o papel do loiro burro, do secretário gostoso.
Desejo profundamente que vocês sejam apedrejados quando forem infiéis.
Desejo que a cada um de vocês seja vetado o direito de sair de casa sem camisa.
E que sejam ofendidos pelo modo como se vestirem.
Desejo que não tenham o direito ao voto e à participação política.
Desejo que sejam mal vistos quando se divorciarem, ou quando perderem a virgindade antes do casamento e PRINCIPALMENTE quando forem pais sem serem casados.
Desejo que sejam vistos com inferioridades nos esportes, nas atividades físicas e intelectuais.
Desejo aos homens do mundo que sejam condenados por sentirem prazer durante atos sexuais. E que sejam julgados por falarem palavrões.
Desejo que todos os homens que namoram mulheres ricas sejam taxados como interesseiros e putos. E que eles sejam frequentes vítimas de violência doméstica.

Aí quem sabe vocês mereçam ter um dia em sua homenagem.2 anos

Anúncios
Publicado em Como EU vejo o mundo, Tipos de Homem | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

T

O Brasil é o país que mais mata travestis e transexuais do mundo, enquanto o México, segundo colocado nesse ranking, mata quatro vezes menos. Somente no ano passado, em 2014, 134 travestis e transexuais foram assassinadas no território brasileiro, o que representa mais de 50% de todas as pessoas trans que foram mortas mundialmente no mesmo ano.

A população brasileira tem uma expectativa de vida que gira em torno dos setenta anos de idade (IBGE) e, nesse mesmo contexto, as travestis e transexuais só conseguem usufruir de trinta, os outros quarenta anos são tirados delas. Vivem menos da metade de uma vida julgada “normal”.

90% das travestis e transexuais brasileiras estão inseridas na prostituição, de acordo com a ANTRA (Associação Nacional de Travestis e Transexuais). Quando jamais, em toda a história brasileira, existiu uma maioria esmagadora, de qualquer outro grupo, empurrada dessa forma na prostituição.

A USP divulgou, a partir de uma pesquisa feita pelo Grupo de Estudos em Direito e Sexualidade, que as travestis e pessoas trans brasileiras possuem, em média, 30% de recusa em processos de retificação de registro civil (mudança de nome na justiça), quando, nos outros casos, essa recusa é presente em apenas 15% das petições. Sendo duas vezes mais difícil para os considerados “desviantes de gênero” ter o direito à própria cidadania e autonomia.

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), realizou mais de 28 mil testes de HIV de fluido oral em 2014, durante quase um ano, com o apoio de 50 ongs. Os resultados obtidos apontaram que, das populações-chave, a taxa de prevalência do HIV no grupo de travestis era de 12,5%, no de transexuais 6,4% e na população geral brasileira essa taxa era de 0,4%.
Não há uma lei de identidade de gênero aprovada no Brasil. O PL João W. Nery não é debatido ou sequer considerado.

Tudo isso me faz lembrar que, há alguns dias, em terras estadunidenses, foi aprovado o casamento igualitário e muito se comemorou com a bandeira do arco-íris (tão correlacionada ao orgulho gay). Hoje, 03/07, venho participar de uma campanha nacional pela visibilidade trans/travesti ao colocar a bandeira trans na foto do meu perfil.
Aumente a voz das travestis e pessoas trans, participe você também, independente de ser trans ou não.
Pra acessar o aplicativo (podem não funcionar no celular):
http://btrans.betafoto.com/?t=btrans%2F ou http://messica.codes/transflag/

Por Sofia Favero Ricardo ~Travesti Reflexiva~

Publicado em Como EU vejo o mundo | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

O coração da América Latina é feminista.

Via ELLA – Encontro Latino-Americano de Mulheres

photo51887242661179470

De 07 à 10 de maio mais de 300 ativistas de 21 países se reuniram na Bolívia para dar vida ao ELLA 2015, o Segundo Encontro Latino-Americano de Mulheres que foi realizado na Villa Coronilla, em Cochabamba.

150507 OK sin titulo 21359

Durante quatro dias, militantes, midiativistas, agentes culturais, organizações e representantes de diferentes movimentos de mulheres vivenciaram o proyecto mARTadero, localizado na periferia da cidade. O ambiente é considerado um berço das artes, focado na mudança social através de mecanismos ​​artísticos e culturais. Foi assim que, do coração da América Latina, dos cantos do mARTadero, a polifonia e a pluralidade das mulheres reunidas apontaram acordos estratégicos para o empoderamento de todas as identidades femininas e criaram uma agenda comum para o fortalecimento do papel da mulher na sociedade contemporânea.

150506 OK ELLA2015 21136

A programação do ELLA 2015 abrangeu diversos eixos temáticos de trabalho, entre eles: corpo, saúde e aborto, LGBTTTIQ, Micromachismos, Mulheres + TICs, Mulheres Afrodescendentes, Mulheres indígenas, Cultura, Violência e Sexualidade. As participantes refletiram e debateram em torno às temáticas, além de propor ações coletivas pontuais e abrangentes. Tudo isso, em um grande espaço de convivência, encontros e reencontros, em que a troca de experiências e as conexões subjetivas também fizeram parte importante da programação.

Boletim especial-03  2

14043271849 cf494ff4ac kA primeira edição do ELLA foi realizada em 2014, de 15 a 18 de maio, na cidade de Belo Horizonte/Brasil. Formada por cerca de 50 atividades marcadas por convívios e práticas colaborativas, o encontro teve como intuito, colocar em contato experiências de diferentes perfis de mulheres vindas de mais de 15 países da Iberoamérica, como a Argentina, Bolívia, Venezuela, Chile, Equador, Colômbia, Perú, Costa Rica, Uruguai, México, Guatemala, Honduras, Espanha, Paraguai e Brasil.

O objetivo principal do primeiro encontro foi conectar iniciativas e pessoas em rede para troca de experiências e elaboração de propostas conjuntas em escala continental. A aliança gerada pelo encontro construiu diversas campanhas feministas ao longo do ano, além do ELLA 2015, ampliando sua abrangência e tornando-se ainda mais colaborativo.

Boletim especial PT-04

1Nandin Solis a Wigudur Galu, como gosta de ser chamada é nativa da comunidade dos Kuna, uma população indígena do Panamá. Ela habita sua comunidade e seus afetos a partir de uma identidade particular, as Wigunduguid, em honra a um Deus Kuna cuja a particularidade é ter uma alma dupla. Omeguid, significa “como mulher”, e muitas vezes é usado depreciativamente, para falar dos homens homosexuais da comunidade. Nandin, em um gesto de reapropriação de insulto, se apresenta de ambas formas. Qualquer um que não conheça suas terras pensaria que uma Omeguid é claramente uma pessoa trans, mas segundo o que nos conta Wigudur, é uma identidade transgênero particular muito diferente.

2Kelly Inés é colombiana afrodescendente, e se apresenta como lésbica-abortóloga, seus ideais apostam na construção a partir da crítica feminista, com o objetivo de criar as possibilidades necessárias para que cada corpo faça de sua carne, seu próprio campo de batalha. Nesta entrevista aumenta a urgência de diferenciar o potencial e o futuro de ambas as categorias políticas: o feminismo como projeto emancipatório e as mulheres como experiência politizada.

3Simone Silva confirma que o MTST começou por volta de 1990, sendo uma luta de ocupação de espaços públicos, para logo negociar com o governo local soluções de moradia digna. Em São Paulo, uma das cidades mais caras da América Latina, milhares de trabalhadores não tem ingressos suficientes para pagar o aluguel de um apartamento pequeno, que pode custar cerca de 1.500,00 reais, ou um passe de metrô que pode custar em torno de 4,50 reais, demais para quem os salários não passam de 1.600 reais mensais.

Só alguns minutos de conversa bastaram para entender que sendo em sua maioria de mulheres, o MTST está intimamente ligado com a politização radical do pessoal.

4▪ A voz de Magdalena Fabbri – coordenadora da Organizando Trans Diversidad (Chile) – nos convidou a questionar nossos privilégios de sexo, gênero, classe e raça, para avançar na construção de agendas específicas.

Sua experiência de transgenerização é traçada no limite de vida em um suicídio, a ansiedade, e, principalmente, sobre as críticas de cada privilégio com o qual ele foi socializadx.

ffffff▪ Com 28 anos Georgina Orellano (Argentina) transmite na força das suas palavras, a experiência de ter exercido durante 9 anos o trabalho sexual nas ruas de Buenos Aires. Suas reflexões ecoaram no ELLA para questionar a hipocrisia moral da sociedade que habitamos e para posicionar a autogestão dos corpos, como forma de disputar o poder com o capitalismo e suas formas de domínio e exploração do corpo das mulheres e homens na relação capital-trabalho.

nnn“Se eu pudesse escolher, eu teria escolhido mil vezes ser lésbica.” Assim começa o depoimento de Vero Ferrari, jornalista, ciberativista e militante feminista do Peru que liderou o Movimento Homossexual de Lima.

Boletim especial PT-06

dddAs diferentes mesas de debates e reflexões do Segundo Encontro Latino-americano de Mulheres, foram transmitidas ao vivo pelo canal de streaming Abya Yala com o objetivo de aproximar do ELLA, todas aquelas que não puderam acompanhar presencialmente a jornada. Com transmissões em tempo real, todo o material do ELLA 2015 pode se ver nesse link.

Boletim especial-07

faDe que maneira você vê a imagem da mulher nos meios de comunicação? O debate muitas vezes é invisibilizado por nossa sociedade. A imprensa segue desenhando os destinos e papéis sociais das mulheres enquadrando-as em um contexto de desigualdade. Foi a partir dessa provocação que o Facción + ELLA proporcionaram através de diferentes linguagens, como as entrevistas, fotografia, crônicas e vídeos projetar a luta feminista em todos os campos. Por meio das redes e das ferramentas de comunicação alternativa, os quatro dias do encontro estiveram em um fluxo de informação sob a mesma lógica, e concluímos que: a comunicação deve ser feminista.

Conheça mais e acompanhe o material das redes sociais!

FACEBOOKSITETWITTER

Publicado em Como EU vejo o mundo | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

TOFU ASSADO AO MOLHO DE ALHO PORÓ

Mais uma herança maravilhosa do meu vegetarianismo, provando que o preconceito que as pessoas têm para com o queijo de soja é algo completamente errôneo.

Ingredientes:

  • 1 peça de tofu
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 xícara (chá) de shoyu
  • 1 xícara (chá) de água
  • 1 colher (sopa) orégano

Preparo:

  1. Lave bem o tofu e corte-o em fatias;
  2. Coloque-as em uma assadeira e regue com o azeite;
  3. Dissolva o shoyu em uma xícara de água e regue por cima do tofu;
  4. Salpique orégano;
  5. Leve ao forno por aproximadamente 30 minutos.

Molho de Alho Poró

Ingredientes:

  • ½ tofu
  • 2 colheres (chá) de azeite
  • 1 alho poro (só a parte verde)
  • Sal a gosto

Preparo:

  1. Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar bem cremoso
  2. Despeje sobre o tofu assado.
Publicado em Gororobation | Deixe um comentário

PROTEÍNA DE SOJA REFOGADA

Durante os 7 anos em que me recusei a comer carne, precisei usar de muita criatividade na cozinha para preparar pratos saborosos e diferentes. Até hoje algumas pessoas me pedem dicas de combinações e temperos e receitas vegetarianas. Hoje eu vou recriar uma delas que é bem simples.

Ingredientes:

  • 200g de proteína de soja em bolinhas
  • 1 xícara (chá) de alho poro bem picado
  • ½ pimentão amarelo picado
  • ½ pimentão verde picado
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 4 xícaras (chá) de água
  • 1 ½ xícara (chá) de shoyu

Preparo:

  1. Misture a água e o shoyu em uma panela e leve ao fogo até levantar fervura;
  2. Adicione a proteína de soja e deixe cozinhar por 20 a 25 minutos;
  3. Durante o cozimento, acrescente o azeite;
  4. Quando a soja estiver bem macia, retire do fogo.
  5. Numa frigideira com óleo de soja ou azeite, refogue os pimentões e o alho poró durante 5 minutos;
  6. Acrescente a soja pronta e deixe mais dez minutos, para que ela absorva todo o sabor do tempero.

Dica: para variar a receita, bata ela pronta no liquidificador e molde hambúrgueres. Depois é só levar à frigideira. 😉

Publicado em Gororobation | Deixe um comentário

DISCUSSÃO SOBRE DILMA E O PT

Fico espantada quando vejo gente que ainda apoia a Dilma. Sério.

PRECISAMOS tirar o PT do poder. Eles estão lá há muito tempo e já estão imundos. Meu anti-petismo não é infundado. Não sou apoiadora do PSDB e muito menos do DEM. Sou COMUNISTA e tenho nojo dessa gente. No entanto, vejo o PT hoje e não sei mais o que eles representam se não um partido de corruptos e despreparados. Com certeza eles não nasceram do jeito que eles são. Inclusive já acreditei no PT, no projeto que o PT dizia defender, me alegrei com a eleição do Lula em 2002 e chorei em sua posse no dia 1º de janeiro de 2003. A Dilma já foi uma guerrilheira do MR-8, fichada como TERRORISTA, levantava a mesma bandeira que eu: a do socialismo. E hoje ela é o quê? Renegou o que ela acreditava. Mudou de postura para poder estar no poder (o PT como um todo o fez). O quanto eles criticaram o PSDB pelas privatizações, que era “um absurdo vender o país” e tudo mais, e o que fizeram? As diretrizes do PT HOJE não são nem de centro-esquerda mais!!! O PT favorece os muito ricos e os muito pobres (com o Bolsa Família, que nada mais é do que compra de votos ao longo do mandato), enquanto isso o que acontece com todos nós que vivemos nas camadas do meio?? Não somos considerados [?] Desconstruíram seu próprio discurso, foram contra o seu próprio passado. Que tipo de governo é esse??? A que espécie de princípios eles estão sendo fieis???

pt

Não acredito que o Aécio Neves seja o presidente ideal para o nosso país. Mas infelizmente a situação do Brasil agora é tal que entre a merda seca e a melada, eu prefiro a seca.

(onde o PT é a merda já melada, lambuzada e melecada, impregnada de corrupção) <- FATO

O caso é que todo mundo fala “mas na política só tem ladrão”. Ora, se o meio político está infestado de ladrões, é porque as pessoas honestas não se prontificam a mudá-lo. Eu, por exemplo, acredito em uma mudança, trabalho todos os dias em prol dessa mudança e me alio às pessoas em quem confio que podem trilhar comigo este caminho. Houve um tempo em que eu acreditei em Lula, em PT. Arrependo-me de ter dado meu apoio a este tipo de gente. Mas valeu o aprendizado, quando percebi que o discurso deles muito se diverge das suas ações e objetivos reais.

Acredito que existem sim pessoas boas neste meio e que, assim como eu, querem construir um país. Vamos encontrá-las!

Vamos procurar nos informar sobre a trajetória dos candidatos, seus projetos, sua linha teórica e ideológica. Muitas vezes as pessoas nem se lembram em quem votaram. Quem aqui se lembra dos candidatos a Deputado Estadual e Federal em quem votaram nas ultimas eleições? Ou, nem precisa ir tão longe, pra vereador em 2012?

São em momentos como esse, de decisões importantes, que nossa capacidade de escolher líderes é colocada à prova. É a nossa voz que eles devem representar. Não sei vocês, mas EU QUERO OUVIR A MINHA VOZ!!!

#Fora - Dilma!-739668

Publicado em Como EU vejo o mundo | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

“GOVERNO BRASILEIRO VETA A COPA DO MUNDO” Por quê?

Venho aqui hoje fazer um relato. Pois sou testemunha. Sim, testemunha de uma absurda injustiça! Muitas pessoas têm compartilhado nas redes sociais a seguinte imagem.

Ora, isso é um contrassenso absurdo! Se o presidente João Batista Figueiredo não deixou ter copa aqui foi pra ninguém ver as barbaridades que aconteciam neste país durante o regime militar. Agora fica todo mundo achando que esse homem foi um herói. Pelo contrário… Como ele mesmo disse, ele preferia o cheiro dos cavalos ao cheiro do povo!

Pra quem não sabe, Figueiredo era um militar e foi apontado pelo Presidente Ernesto Geisel para concorrer para presidente na eleição de 1978 pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA). Foi no mandato dele que houve a concessão de anistia ampla, geral e irrestrita aos políticos cassados com base em atos institucionais, mas que também anistiou os militares dos seus crimes de torturas e assassinatos durante os anos do regime militar.

A sua gestão ficou marcada pela grave crise econômica que assolou o mundo, com as altas taxas de juros internacionais, pelo segundo choque do petróleo em 1979, a disparada da inflação, que passou de 45% ao mês para 230% ao longo de seis anos, e com a dívida externa crescente no Brasil, que, pela primeira vez, rompeu a marca dos 100 bilhões de dólares, o que levou o governo a recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI) em 1982. Durante o seu governo também, em 1983, iniciaram-se as campanhas das Diretas Já, que acabaram rejeitadas no Congresso Nacional.

Seguem algumas frases ditas pelo nosso “herói” da nação:

  • “Se alguém for contra, eu prendo e arrebento”
  • “Durante muito tempo o gaúcho foi gigolô de vaca”
  • “A única solução é dar um tiro no coco”
  • “O que sei é que no dia da posse vou embora de Brasília levando apenas minhas mulheres” (Sobre os rumores de um golpe contra Tancredo Neves)
  • “AI-5? Quem é esse menino?”
  • “Uma coisa que nunca entendi é porque todo artista, esse tal de Caetano Veloso, por exemplo, tem de ser dessa tal de esquerda”

E a minha preferida (já citada no início do post):

  • “Prefiro o cheiro dos cavalos ao cheiro do povo.”

Parabéns Brasil, este é o seu “exemplo”.

Publicado em Como EU vejo o mundo | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário