SINTO QUE PASSOU PELA MINHA VIDA UMA VEZ ESTE CORONEL

Percebeu que o Coronel Aureliano Buendía não tinha perdido o afeto à família por causa do endurecimento da guerra, como ela acreditava antes, mas que nunca tinha amado ninguém, nem sequer a sua esposa Remédios ou as incontáveis mulheres de uma noite que haviam passado pela sua vida e muito menos ainda os seus filhos. Vislumbrou que não tinha feito tantas guerras por idealismo, como todo mundo pensava, nem tinha renunciado à vitória eminente por cansaço, como todo mundo pensava, mas que tinha ganhado e perdido pelo mesmo motivo, por pura e pecaminosa soberba. Cegou à conclusão de que aquele filho por quem ela teria dado a vida era simplesmente um homem incapacitado para o amor.

Gabriel Garcia Marques
Cem Anos de Solidão

Anúncios

Sobre Camila B Hassen

Comunista, socióloga, antropóloga e jornalista. Ateísta por convicção e Atleticana por paixão.
Esse post foi publicado em Citações, Como EU vejo o mundo, Tipos de Homem e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para SINTO QUE PASSOU PELA MINHA VIDA UMA VEZ ESTE CORONEL

  1. lamagno disse:

    Republicou isso em Não pensantee comentado:
    Ainda não terminei, mas creio que este seja o melhor livro que eu já li.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s