POR QUE JUSTIN BIEBER NÃO QUER VOLTAR MAIS?

O assunto do momento por todo o Brasil é o recente comportamento ofensivo do cantor Justin Bieber. Pichações, bebedeiras, orgias, entre outros. Estão todos muito ofendidinhos por ele não ter terminado o show após ser atingido por uma garrafa e por afirmar que detestou o Brasil e que nunca mais vai voltar.

Acontece que ele não foi o primeiro e nem será o último a tratar o Brasil dessa maneira. E cá entre nós, a culpa é nossa também. Afinal de contas, essa é exatamente a imagem que adoramos passar do Brasil para os gringos: somos o país do carnaval, das praias, das festas, das mulheres seminuas sambando, do churrasco, da cerveja, da caipirinha. E o próprio Lula, na época em que era presidente afirmou que “O Brasil é uma puta, que todo mundo vem e passa a mão”.

Brasileiro acha lindo celebridade vir aqui e curtir o “paraíso de férias”, mas ninguém nunca vai levar o Brasil a sério. Porque nós mesmos não o levamos. Nos comportamos como um bando de macacos. Enchemos a boca pra falar que somos o país com as mais belas mulheres e praias, que somos um povo festeiro. E nos esquecemos de cuidar dos nossos governantes, das questões políticas e sociais, das milhares de famílias famintas, dos analfabetos e desempregados. Fomos nós mesmos que criamos para o Brasil esta fama de país da impunidade, da azaração,  dos bacanais. E agora nos achamos no direito de condenar o Justin Bieber porque ele agiu como qualquer outro gringo agiria no lugar dele.

rainha de bateriaSinceramente, esse bafafá todo é muito mais sobre implicar com o Justin Bieber do que realmente querer que nosso país, nossa cultura e nossos valores sejam reconhecidos e respeitados. E eu não estou defendendo o boyzinho, não! Estou indignada, mas indignada DE VERDADE. Não só por ele e por suas atitudes, mas pelo modo como os próprios brasileiros tratam o pais que tanto dizem que amam. A verdade é que esse patriotismo ridículo só aparece mesmo em época de copa do mundo. Aí fica lindo botar a mão no peito pra cantar o Hino Nacional e estender enormes bandeiras nas janelas das casas. Só futebol não dá, Brasil!

E não vou nem falar daquelas “manifestações” que ocorreram na época da copa das confederações, porque não passou de um bando de crianças brincando de fazer bagunça no quintal, querendo transformar o que chamavam de “rebelião” em uma verdadeira “parada do patriotismo” onde até “Pra frente, Brasil” (um jingle do regime militar) foi cantado. Isso é deprimente.

“MUDA BRASIL”: mas de verdade.

Anúncios

Sobre Camila B Hassen

Comunista, socióloga, antropóloga e jornalista. Ateísta por convicção e Atleticana por paixão.
Esse post foi publicado em Como EU vejo o mundo, Tipos de Homem e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s