“os direitos humanos caminham com o ateísmo”‏

O site brasileiro do Arch Enemy (http://www.archenemy.net.br) acaba de postar a tradução do seguinte texto sobre ateísmo versus religião escrito por Angela Gossow.

“Primeiro de tudo – Não é minha intenção atacar as crenças pessoais de ninguém. Eu sou uma defensora da total liberdade pessoal – podem me chamar de verde, ateísta liberal anarquista. Você pode acreditar em qualquer coisa que lhe agrade, que te dê conforto, facilite a sua vida e deixe seu coração mais leve.
Sou contra as instituições clericais / religiosas que realmente insultam crenças pessoais de qualquer um, escolhendo passagens em livros antigos a fim de reprimir a liberdade de expressão, oprimem minorias e mulheres, forçam as pessoas a adorar contra a sua vontade, abusam da religião para implementar o medo e fazem dela uma ferramenta de poder, de controle da mente e de manipulação.
Qualquer país que se curve às exigências extremistas para fazer apostasia, blasfêmia, ou o culto de religiões minoritárias um crime está arrastando sua população de volta no tempo para um um estado feudal, da idade das trevas.
Qualquer nação civilizada irá proteger os direitos do seu povo de adorar o que eles quiserem (ou não quiserem), e ser capaz de criticar, questionar e zombar abertamente de seus líderes religiosos e políticos. Isso é chamado de Liberdade de Expressão!
Qualquer nação civilizada irá aderir à regra de direito e processar violadores de crianças em toda a extensão da lei, independentemente da pressão do Vaticano para proteger padres pedófilos. Meninos merecem passar pela vida sem terem sido estuprados pelos homens encarregados de sua proteção.
Todas as meninas devem ter o direito a ser educadas, manter seu clitóris, vestir o que gostam, ter um emprego, casar com o homem (ou mulher) que escolherem. Não serem estupradas, abusadas ou apedrejadas até a morte por adultério ou qualquer outro tipo de ‘pecado’.
Qualquer líder religioso que não pode sequer lidar com palavras contra ele, ou desenhos animados, sem recorrer à vingança assassina ou penas de prisão brutais claramente é fraco e teme uma crise de fé do individuo moderno, educado, livre-pensador e cientificamente informado do século 21.
Venere como você quiser, queridos amigos religiosos, mas não nos digam o que vestir, quem amar, o que ensinar em nossas escolas. Não tentem restringir nossos direitos à contracepção, ao aborto, ao casamento com quem nós escolhemos, divórcio ou relações sexuais consensuais fora do casamento. Sua obsessão com a vida sexual de outras pessoas revela o sua própria perversão e constantes pensamentos sujos.
Parece ridículo ter de defender estes direitos, direitos básicos, depois de tantos anos de emancipação para as mulheres, gays, a separação entre Igreja e Estado nasmodernas democracias liberais. A ascensão do fundamentalismo religioso em todo o mundo ameaça a todos nós e temos que incentivar os nossos governos a lutar para se certificarem de que a influência da religião nunca afete políticas públicas de novo.
Para mim, os direitos humanos caminham lado a lado com o ateísmo. Os ateus não podem ter alguma tradição religiosa insana responsável por seus atos horríveis contra a humanidade. Nós somos totalmente responsáveis por tudo o que fazemos. Até que isso não se aplique a todas as religiões em uma base mundial sinto que a religião é realmente a raiz de todo mal.
Do ponto de vista científico, há uma abundância de evidências concretas de que deus não existe, mas nenhuma evidência forte que existe um deus. Nunca acreditei em um deus apesar de ter crescido em uma família cristã. Eu não posso sentir qualquer tipo de “presença”. Eu tenho uma mente racional e científica. Estou aliviada que meus pais viraram as costas para o cristianismo, como suas crenças claramente provaram ser um conto de fadas inventado pelo homem. Eles procuraram muito por deus – e só encontraram a beleza de um mundo maravilhoso, mágico, mas sem deus. Viva a sua vida aqui e agora, seja gentil com os outros, não faça nada para alguém que você não quer que seja feito com você, respeite o planeta e a natureza, dê mais do que você tira até seu último suspiro .. Em seguida, aceite a serenidade do nada. Tudo bom. É a nossa vaidade humana que nos faz ter esperança de que somos ‘os escolhidos’ por alguma divindade. Nós somos simplesmente um resultado de uma evolução de tirar o fôlego, Darwin, Teoria do Caos… Nem mais, nem menos.
Procure no Google por Richard Dawkins e assista a alguns dos seus documentários. Ele tem uma abordagem muito divertida e sem besteiras sobre o tema da religião versus ateísmo. Altamente recomendado para quem busca o conhecimento. Conhecimento é poder. Liberdade começa em sua mente.
Seja tão livre quanto você puder!
Atenciosamente,
Angela”

Anúncios

Sobre Camila B Hassen

Comunista, socióloga, antropóloga e jornalista. Ateísta por convicção e Atleticana por paixão.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s